UOL

BUSCAPÉ

Lomadee, uma nova espécie na web. A maior plataforma de afiliados da América Latina.

sexta-feira, 12 de agosto de 2011

MAIS DE BARILOCHE

Bom dia pessoal. Fiquei um tempo sem atualizar o blog, mas agora estou de volta. Quem leu o post anterior, sobre Bariloche, deve ter pensado que lá só tem neve e mais neve. Na verdade, acho que o objetivo principal de qualquer brasileiro que vá a Bariloche pela primeira vez é ver a neve!!! Mas Bariloche não se resume só nisso.
Ainda na neve, é bom lembrar que fizemos muitas coisas legais por lá. Apreendi(eu juro) a esquiar!kkk No Cerro Catedral existem várias escolas que alugam o equipamento e têm professores para ensinar a brasileirada que nunca deslizou no gelo. Não é fácil, mas no final fica divertido.

Depois das aulas de esqui.

E para aqueles que vão com as crianças (ou que não deixaram de ser crianças rsrs), tem o Cerro Otto. Pega-se o teleférico em Bariloche e lá em cima tem várias atividades de neve mais voltadas para as crinças. Tem também um restaurante panorâmico que fica girando, é muito interessante. Ah, e tem aqueles cachorros grandões que aparecem ajudando as pessoas em filmes que têm neve (pagando você pode tirar foto com eles).
Interior do restaurante em Cerro Otto.


E saindo um pouco da neve, vamos para a vida noturna. Bariloche é o destino de muitos estudantes argentinos que se formam e fazem a famigerada viagem de formatura. Portanto, possui uma vida noturna agitada! Além, é claro, dos muitos turistas que querem se divertir. Possui várias casas noturnas, que no inverno ficam cheias de adolescentes que acabaram de sair das fraldas. Têm, é claro aquelas que concentram um público mais jovem adulto.
 Tem o cassino e os Pub's. Numa noite saímos(eu, Vinícius e mais um casal de brasileiros que conhecemos no hostel) e fomos conhecer a noite de Bariloche. Primeiro fomos ao Cassino para conhecermos. Depois fomos para o Irish Pub. No início da noite (leia-se 22h) o Irish Pub é um restaurante bem legal e depois se transforma, com uma pista de dança. É bem frequentado, com um público bem diversificado, mas sem o monte de estudantes argentinos achando que a vida acaba naquela noite! A música era bem diversificada, mais Pop Rock internacional(tá, tocou até funk brasileiro, mas tudo bem). Depois do Irish Pub(a música acabou, mas nossa animação não) fomos para um outro Pub, (isso tudo na mesma rua, a rua principal de Bariloche). Esqueci o nome do Pub, mas é um que você desce uma escada, ele fica no subsolo. Um público mais alternativo (tipo rebelde sem causa), mas só de entrar você já ganhava uma cerveja(adoramos) e era cheio de mesas de sinuca. Nesse não tinha pista de dança e a música era mais voltada para o Rock. Como não coube mais Pub na nossa noite (a noite acabou) voltamos pela manhã para o hostel e o melhor de tudo era que o frio nem fazia cócegas em nós (será porque?). kkkk
Centro Cívico de Bariloche.

3 comentários:

  1. Parabéns por essa conquista Roberto. Viajar é conquistar horizontes. Abração

    ResponderExcluir
  2. Quando eu crescer também quero visitar Bariloche!!! rs

    ResponderExcluir